terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Músicas e significados - PARA MIM


Eu adoro música!  Era fanática por música.  Minha vida tinha trilha sonora!
Depois que a Luiza nasceu eu passei a ouvir menos música, mas ela não passou a significar menos para mim.
Essa música do clipe que coloquei logo no começo da postagem eu conheci quando o Francisco tinha uns 6 meses acho.  Quem me falou dela foi a Luiza.  Coloquei no meu celular, ouvi uma vezes e logo já estava cantarolando por aí.  E de repente ela assumiu um significado diferente pra mim.  Eu sou assim com músicas.  Pode ser uma música que o compositor quis dizer uma coisa com ela e para mim ela quer dizer uma coisa completamente diferente!  E assim foi com essa música.  Pra mim ela tem todo o significado da minha gestação e parto do Francisco.
Agora vou decifrar os significados que essa música tem pra mim:

De janeiro a janeiro (Roberta Campos)

"Não consigo olhar no fundo dos seus olhos
E enxergar as coisas que me deixam no ar, me deixam no ar
As várias fases, estações que me levam com o vento
E o pensamento bem devagar"
Esse trecho da música me leva à gestação.  É àquele momento que o bb é tudo pra gente, mas ainda assim é algo tão longe e distante.  E o tempo vai passando...

"Outra vez, eu tive que fugir
Eu tive que correr, pra não me entregar"
Na busca pelo meu VBA3C eu tive que correr e fugir muitas vezes.  Todas a s dificuldades que passei para poder parir, todas as buscas que terminaram em um beco fechado, todos os medos que me rondavam...  Eu tive que fugir de tudo isso muitas vezes pra não me entregar e acabar em uma nova cesárea.

"As loucuras que me levam até você
Me fazem esquecer, que eu não posso chorar"
Esse trecho é o que mais me faz lembrar do TP e parto mesmo.  As loucuras que fiz para ter meu filho nos braços, a emoção e o choro preso na garganta!  

"Olhe bem no fundo dos meus olhos
E sinta a emoção que nascerá quando você me olhar
O universo conspira a nosso favor"
Aquele primeiro olhar, a emoção que nasceu...  E o fato do universo ter conspirado à nosso favor é uma fato realmente inegável!

"A conseqüência do destino é o amor, pra sempre vou te amar"
Outro fato inegável.

"Mas talvez, você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor, não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar"
E amor de mãe acaba?  E alguma mãe não quer mostrar que ama seu filho incondicionalmente?

Ano passado, no aniversário de um ano do Ticô eu fiz um vídeo com fotos da gestação e do primeiro ano de vida dele.  E essa música está no começo do vídeo.  Segue ele aí embaixo:


Nenhum comentário: